Hospital Mahatma Gandhi aumenta quadro de psicólogas, garantindo qualidade no tratamento

March 30, 2016

Tratar das doenças da alma, das questões mentais, das dependências, envolve um grande rol de profissionais de diversas áreas da saúde. O autor Augusto Cury já dizia: “A dor e o riso, a loucura e a sanidade estão muito próximas”, e aqui, no Hospital Mahatma Gandhi, são vividas diariamente por seus pacientes, e acompanhadas pelos profissionais, em especial pelos psicólogos durante as terapias.
A diretoria do Hospital Mahatm

 

a Gandhi, presidida pelo Dr. Luciano Lopes Pastor, não medindo esforças para garantir um atendimento de qualidade, após a contratação no novo corpo clínico de médicos psiquiatras, aumentou o quadro de funcionários do setor de psicologia, contratando a nova psicóloga Juliana do Carmo Saraiva. Com a nova admissão, o hospital passa a atuar com quatro psicólogas, atendendo todas as clínicas, e garantindo uma terapia efetiva e ideal para cada tratamento.

A psicóloga Juliana, revela que já trabalhou no HMG em meados de 2001, onde a estrutura do hospital era completamente diferente da encontrada hoje, quinze anos depois.

“Tínhamos uma outra estrutura, outro número de pacientes e uma rotatividade muito rápida do tempo de internação. Ao retornar hoje, vejo a grande mudança do espaço físico, do número de funcionários, equipe técnica, envolvimento dos profissionais, e principalmente o número de atividades oferecidas. Diferente do passado, hoje existe uma série de oficinas e vasta temática abordada nas terapias ocupacionais”, analisa a psicóloga.

A formação de Juliana, foi voltada para a área de psiquiátrica, e também fez especializações na área da saúde.

“A doença mental é um desafio, que mantem a minha motivação. Gosto de fazer parte dessa equipe, estou chegando nesse novo momento do Hospital Mahatma Gandhi onde todos estão empenhados e engajados trazendo histórias e experiências em benefício do coletivo e dos pacientes. É uma troca muito importante”, finaliza juliana.

 

CONTINUIDADE

A supervisora de psicologia, Priscila Bastos, comemora a nova contratação e destaca a importância do aumento de profissionais na equipe, tendo em vista que a psicologia trabalha o acolhimento dos pacientes nesse processo, muitas vezes, traumático e doloroso, que é a internação.
“A psicologia trabalha os sentimentos, devolve o sentido e percepção do paciente com relação a sua doença, faz ele entender que existe uma doença e que ela pode ser tratada, além de muitas vezes trabalhar as questões familiares.

Para a supervisora, é de extrema importância a vinda de um novo profissional, proporcionando dedicação aos pacientes e melhor atendimento. “A vinda da Juliana foi fundamental para o aprimoramento do setor de psicologia, garantindo um número ideal de profissionais, além de dar mais tempo para que as psicólogas criem e desenvolvam novos projetos e novas atividades em prol do hospital e dos pacientes.

Priscila esclarece a função da psicologia, associada ao tratamento psiquiátrico, para alcançar bons resultados. “A psicologia vê o ser humano em seu lado vivencial e não só na questão química e biológica. Cuida das suas relações como um todo, proporcionando a reabilitação, por meio da aceitação do processo de tratamento, tornando possível a sua ressocialização à vida cotidiana, inserindo ao convívio social”, complementa a psicóloga.

Sobre os recursos medicamentosos, a psicóloga é categórica ao afirmar: “O recurso da medicação é extremamente essencial e eficaz, e associados a terapia e ao suporte psicológico o paciente passa a ter estrutura, novamente, alcançando a sua recuperação”, finaliza.

 

SERVIÇO

O Hospital Mahatma Gandhi está localizado na Rua Duartina, 1311, Vila Soto, Catanduva. Telefone 3524-9070.

Please reload

Recentes
Please reload

  • Facebook Social Icon

© Copyright Associação Mahatma Gandhi 2016 - Todos os direitos reservados