No mês de conscientização sobre o combate a AIDS, HTO Dona Lindu recebe psicólogo para palestra e debate

December 7, 2017

 

Na primeira semana de dezembro, mês em que se celebra a Luta contra a AIDS, o Hospital Estadual de Trauma-Ortopedia Dona Lindu recebeu o Psicólogo do Programa de DST / AIDS da Secretaria de Saúde de Paraíba do Sul, Pedro Schmitz, para um dia de palestra e debate sobre o tema. Durante o encontro, foram debatidos diversos temas pertinentes à doença, como prevenção, combate e conscientização para quebra de preconceitos.

 

De acordo com Pedro, o momento do diagnóstico da infecção por HIV é bastante delicado e acaba acarretando uma avalanche de sentimentos e emoções. Para ele, o acompanhamento de saúde mental para pessoas soropositivas é de extrema importância:

 

"Primeiramente, é necessário entender sobre a doença e o tratamento. É muito importante perceber que o diagnóstico implica num novo estilo de vida, mas jamais será um limitador da vida. Não significa que sua vida acabou. O fato da pessoa ser soropositiva não pode funcionar como uma "marca" para viver cercada de medo e insegurança. O diagnóstico não é um fim. É importante que o paciente receba todo apoio psicológico possível para conseguir seguir com sua vida e derrubar as paredes que o preconceito, infelizmente, ainda impõe no Brasil", explicou.

 

O profissional falou, também, sobre os números alarmantes da doença em todo mundo. Atualmente, de acordo com o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) são 36,7 milhões de pessoas vivendo com HIV em todo mundo, sendo 17,8 milhões de mulheres, cerca de 48% do total. 2,1 milhões de casos são de crianças menores de 15 anos. Em 2016, 1 milhão de pessoas morreram de AIDS em todo mundo, sendo 120 mil crianças menores de 15 anos.

 

Vale ressaltar que o Dia Internacional da Luta contra a AIDS é comemorado anualmente em 1º de dezembro. A data tem o objetivo de conscientizar a população sobre uma das doenças que mais mata no mundo. Além de informar as pessoas sobre os sintomas, perigos e formas de se prevenir da doença, o Dia Mundial de Luta contra a AIDS também tem a função de auxiliar no combate contra o preconceito que os portadores de HIV (vírus humano de imunodeficiência) sofrem na sociedade por causa da doença.

 

O Dia Internacional da Luta contra a AIDS foi criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), em uma Assembleia realizada em outubro de 1987. O governo brasileiro, através do Ministério da Saúde, começou a promover campanhas de apoio ao Dia Internacional de Luta contra a AIDS desde 1988.

Please reload

Recentes
Please reload

  • Facebook Social Icon

© Copyright Associação Mahatma Gandhi 2016 - Todos os direitos reservados