Saúde: confecção de máscaras por pacientes e profissionais do CAPS em Catanduva-SP

May 2, 2020

 

Ganhando grande repercussão o projeto que vem sendo desenvolvido pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II e CAPS AD), reunindo profissionais e pacientes na confecção de máscaras em tempo de enfrentamento ao coronavirus.

 

O projeto nasceu a partir de uma situação de angústia da própria equipe, em meio ao impacto da decretação da pandemia. De repente estávamos todos vivendo uma nova situação, a qual ainda não estávamos acostumados”, conta Irenide Silvestre dos Santos Rodrigues, Gerente do CAPS II.

 

A chegada dos pacientes, alguns acompanhados de familiares, provocava incerteza por parte deles e dos profissionais. Como se prevenir? Como diminuir os riscos? O que vamos fazer? Perguntas desta natureza levaram ao caminho natural: a proteção mais imediata é o uso de máscaras, além da higienização.

 

E mãos à obra. Então pacientes e equipe de profissionais se uniram num objetivo comum.

 

Pensamos na confecção de máscaras a partir de uma situação de angústia da própria equipe em relação a própria proteção e a dos pacientes, que vinham dos mais diversos lugares, de suas casas, da rua, desprotegidos e nos levando o medo da contaminação. Por outro lado, a pandemia interrompeu todos os projetos, e precisávamos de uma atividade que unisse as duas coisas: aproveitar o tempo e trabalhar as angústias de ambos”, complementa a Gerente do CAPS II.

 

À princípio as máscaras foram distribuídas entre os pacientes. Depois aos familiares.

 

Para a Associação Mahatma Gandhi, gestora da saúde pública em Catanduva, é de extrema importância a participação, o envolvimento e o comprometimento de seus colaboradores.

Please reload

Recentes
Please reload

  • Facebook Social Icon

© Copyright Associação Mahatma Gandhi 2016 - Todos os direitos reservados