Com Gestão de Valorização, Associação Mahatma Gandhi promove colaboradores na Upa de Carapina, em Se


Satisfação. Esse é um dos sentimentos que resultam em um satisfatório rendimento profissional dentro de qualquer ambiente de trabalho, principalmente na área da saúde. Colaboradores valorizados refletem no bom atendimento à população. Na Upa de Carapina (Serra-ES), gerida pela Associação Mahatma Gandhi, são elencados itens como o reconhecimento individual, a integração junto à equipe, a competência e a trajetória de cada colaborador.

Nos últimos meses, sete colaboradores foram promovidos, de acordo com suas atividades, estimulando o trabalho e, consequentemente, elevando o desempenho dos profissionais, que se sente valorizado e conscientes de que seu trabalho é acompanhado com atenção.

A instituição reconhece o empenho e o potencial de cada um. Um exemplo disso é o auxiliar administrativo Charles de Avelar Malovini Loiola, que atuava como controlador de acesso da Upa antes de receber a promoção. A história de Charles contada pelo gerente administrativo, Leandro de Oliveira Ferreira, é inusitada: precisando de um profissional para a função, passou a ficar mais atento ao trabalho dos colaboradores. Certo dia viu no livro de ocorrência um relato dizendo que a tinta de caneta vermelha usada pelos controladores de acesso do turno da noite estava acabando. O controlador que escreveu o recado ainda mediu 5 centímetros de tinta que faltava para acabar. Essa atitude chamou a atenção do gestor e foi assim que Charles foi escolhido para receber a promoção.

Charles de Avelar Malovini Loiola

Com 9 meses de atuação na Upa, Charles passou a atuar na nova função. “Eu me senti valorizado e vinha de uma história desanimadora, porque na antiga empresa onde trabalhava atuei por sete anos e nunca fui reconhecido, já aqui na Upa, com apenas um mês de gestão, o gerente reconheceu meu trabalho. Sempre busquei me empenhar muito e independente de qualquer coisa continuaria fazendo meu trabalho da melhor forma possível. Acredito que quando a gente se trabalha com seriedade e lealdade, o reconhecimento acontece. Tudo que fazemos é nosso espelho. Quando recebi a notícia da promoção fiquei feliz e ao mesmo tempo preocupado pela responsabilidade que depositaram em mim, mas contei com colegas que me deram total apoio”, explicou Charles.

Outro exemplo de dedicação e força é a colaboradora Jamile de Jesus Silva, que atuava na área de serviços gerais da Upa e foi promovida a auxiliar de laboratório. “Quando comecei a trabalhar na unidade estava terminando o curso. Fui conversar com o gerente Leandro, que me disse que assim que aparecesse uma oportunidade me avisaria. Assim aconteceu. No dia 01º de agosto comecei a trabalhar na nova função. No momento em que recebi a notícia foi um misto de sentimentos. Felicidade e apreensão pela nova responsabilidade. Sinto que todo o meu esforço foi reconhecido, pois sempre almejei melhoria para minha vida, porque acho que nunca devemos ficar estagnados. Por isso tenho que me dedicar para fazer valer a confiança que depositaram em mim, sendo participativa no trabalho de equipe e no atendimento da Upa”, afirmou Jamile.

Jamile de Jesus Silva

Para o gerente Leandro, é uma satisfação poder contribuir com o crescimento profissional dos colegas de trabalho. “Acredito que todos devemos caminhar na mesma direção, já que somos uma equipe. Se podemos incentivar nossos colaboradores para que cada vez possam expandir mais seus conhecimentos, devemos fazer! Além de valorizar o trabalho de quem atua conosco, também construímos um ambiente profissional cada vez mais harmônico e colaborativo, seguindo o processo de humanizado adotado pela Associação Mahatma Gandhi”.

Recentes
  • Facebook Social Icon

© Copyright Associação Mahatma Gandhi 2016 - Todos os direitos reservados