Colaboradores da Upa de Carapina soltaram sorrisos e relaxaram em encontro com humorista e hipnólogo


Foi maravilhoso. Consegui alcançar uma paz que eu não imaginava que poderia alcançar”. Este é um dos muitos relatos de colaboradores que participaram da palestra de humor e das técnicas hipnóticas de relaxamento e concentração na Upa de Carapina-Serra-ES, administrada pela Associação Mahatma Gandhi, na última quinta (25) e sexta-feira (26).

Para proporcionar um momento de interação, descontração e relaxamento, a administração da Upa organizou dois dias especiais com um bate papo sobre humor no ambiente de trabalho, com o humorista Hebert Ubiratan, e também uma apresentação do hipnólogo Arabson Oliveira de Assis, explicando técnicas de relaxamento.

Sabemos que a rotina de trabalho em uma Unidade de Pronto Atendimento é naturalmente carregada emocionalmente, já que os profissionais lidam com pessoas que precisam ser cuidadas e estão em situação de vulnerabilidade. Justamente por isso, é preciso que se tenha uma atenção ao estado emocional desses profissionais e, porque não, uma grande pitada de humor e relaxamento?

Para a colaboradora Iara Celia de Lima Nascimento, quando o funcionário está bem, o paciente, consequentemente, é bem atendido. “Foi muito prazeroso e divertido participar do bate papo que nos fez rir muito e interagir e do momento com o hipnólogo, quando tivemos a oportunidade de enxergar que podemos encontrar nosso equilíbrio interno”.

Alex Rodrigues Viana, técnico de enfermagem, disse que a energia positiva fluiu plenamente. “Eu consegui sair totalmente do ambiente de trabalho e transitei por onde estava imaginando. Foi uma experiência inacreditável”, declarou Alex.

Na avaliação de Juliana Maia Ferreira Honorato, que também participou do evento, “foi possível acessar algo que está dentro de nós e nos conectar a partir da nossa concentração. Eu não imaginava que fosse capaz de fazer isso. Eu encontrei uma paz interna inimaginável.”

O técnico de radiologia Ecarlos Mendonça Costa disse que no começo ficou apreensivo porque nunca encontrou um hipnólogo, mas quando o profissional começou a realizar as técnicas de relaxamento e concentração ele se mergulhou em um ambiente tranquilo e leve.

Diante dos relatos é possível observar que o objetivo das apresentações foi alcançado, conquistando sorrisos e deixando os colaboradores mais relaxados, porque a administração tem consciência de que dentro de um ambiente hospitalar o sorriso é também uma válvula de escape para lidar com as situações difíceis.

Na visão do hipnólogo Arabson, todos os participantes conseguiram, pelo menos um pouco, se desconectar do dia a dia turbulento. “Uma das técnicas utilizadas foi a de ‘ancoragem’, quando você leva a pessoa ao estado de relaxamento e ancora nesse estado. Isso pode ser usado em qualquer momento ou do trabalho ou na vida pessoal. Nosso encontro foi muito produtivo, porque a hipnose é uma troca e as turmas se entregaram a essa experiência.”

Para o humorista Hebert, o bate papo fez com que os colaboradores pudessem conhecer melhor um ao outro na troca de ideias e eles sozinhos, sem perceber, se divertiram com suas histórias. “No final estávamos falando sobre nossas vidas de forma coletiva e sobre as experiências de cada um. A diferença é que eu guiei essa conversa de forma engraçada sempre numa trilha cômica e motivadora.”

Para a administração da Upa foi uma felicidade conseguir oferecer essa experiência aos colaboradores. O objetivo é que várias ações como essa sejam realizadas ao longo do ano, com formatos diferenciados, pois a qualidade do estado psíquico dos profissionais é essencial para a gerência.



Recentes