Dia das Mulheres é marcado por Varal dos Desejos na Upa Carapina


No dia que lembra a luta histórica das mulheres para terem suas condições equiparadas às dos homens, a administração da Upa de Carapina (Serra-ES), gerida pela Associação Mahatma Gandhi, preparou o varal dos desejos com intuito de estimular a reflexão de todos os colaboradores. No varal, que representou uma árvore dos desejes, os profissionais eram chamados a pendurar seus desejos, o que almejavam para o “agora” ou “futuro”.

Bilhetes pedindo mais empatia, mais companheirismo, harmonia e união foram os mais registrados no varal. O que demonstra que as mulheres anseiam por sentimentos como esses em que o respeito e a igualdade estão inseridos e devem partir dos homens que, em muitos casos, ainda não enxergam o poder e a capacidade feminina.


Por outro lado, o papel da árvore é fazer com que a mulher possa enxergar todo o poder que tem e que a vitória só depende do seu empenho e de suas aspirações. Como no conceito indiano, em que o paraíso é composto por árvores do desejo, sua mente é a árvore dos desejos, e o que você pensa, mais cedo ou mais tarde há de se realizar. Quando olhamos profundamente, percebemos que todos os nossos pensamentos, medos e receios é que estão criando nossas vidas.

Para a assistente social, Ana Paula dos Santos Costa, a ideia do Varal foi muito criativa, já que no dia a dia corrido da saúde não dá tempo para refletir sobre esses assuntos. “Gostei muito de colocar no Varal como me sinto como mulher e o que eu desejo para o futuro, porque me fez pensar em o que eu preciso fazer para que isso aconteça. Precisamos parar para analisar a forma como levamos nossa vida e como construímos nossos sonhos. Enquanto mulher, me sinto batalhadora e guerreira e vejo essas qualidades nas outras mulheres. Queremos ser respeitadas todos os dias.”


Além do Varal, no Dia da Mulher, as colaboradoras e os demais profissionais aproveitaram um lanche especial no café da tarde disponibilizado pela empresa de alimentação.


A administração parabeniza todas as mulheres, profissionais de saúde capacitadas e batalhadoras. “Procuramos sempre realizar ações que façam com que nossos colaboradores se envolvem e reflitam sobre algum tema. Dessa vez, aproveitamos o momento para que todos pudessem observar a importância das mulheres e, ao mesmo tempo, o valor dos nossos pensamentos e aspirações”, afirmou Alexsandra Cunha, gerente da unidade.
















Recentes